AVSI COMUNICA /
Paula Alves
Assessora da Diretoria
AVSI Brasil (BA)


 

A AVSI Brasil decidiu levar uma mostra sobre a APAC para Itália. Para o maior festival do país, que recebe, desde os anos 70, milhares de pessoas de todo o mundo, desde personagens da política, da economia, representantes das mais diversas religiões e culturas, intelectuais e artistas do cenário mundial.

 

Além de painéis explicativos, grandes fotos foram expostas no Meeting de Rimini. Todas elas tinham algo em comum: o olhar marcante daqueles retratados. Eram recuperandos, familiares, voluntários. Mas acima de tudo, eram pessoas. E quando se olhava exclusivamente para aqueles olhares, era impossível não se reconhecer nelas.

 

Os olhares marcantes das fotos se misturaram com os dos milhares de visitantes que recebemos todos os dias. Olhares curiosos e incrédulos que escutavam as palavras “cadeias sem policias, sem armas” e tentavam extrair alguma lógica daquilo. Ao fim, entendiam que, por mais que houvessem métodos e processos, a essência por trás da obra é algo menos racional, mas muito mais forte: o amor incondicional.

 

Amor que não faltou aos nossos voluntários. Foi inspirador vê-los trabalhar por horas a fio, durante toda uma semana, sem parar. Alguns deles nunca haviam sequer pisado em uma APAC, mas sabiam que estavam diante de uma obra sem precedências. E isso os moveu o tempo todo: era preciso dividir.

 

Aliás, os voluntários do Meeting serão uma lembrança eterna pra mim. Não apenas os voluntários que trabalharam conosco. Mas todos aqueles que estavam se dedicando para que o evento acontecesse. Não havia um sequer que não trouxesse um sorriso no rosto.  E não tinha como sair do encontro com eles, sem um maior ainda.

 

E por falar em lembrança, será impossível esquecer a noite da terça-feira. Eram 7.000 pessoas escutando silenciosamente uma palestra sobre a APAC. Sete mil pessoas segurando a respiração enquanto Valdeci testemunhava como dedicou toda sua vida a uma obra de amor aos presos. Sete mil pessoas perplexas com o relato incrível de Belini, um grande empresário que assumiu diante de nós ser alguém melhor depois de ter encontrado a APAC. Sete mil pessoas encantadas com a dedicação do juiz Luiz Carlos no caminho árduo que a APAC encontra. E sete mil pessoas que entenderam verdadeiramente o que significa o perdão ao escutar a trajetória da vida de Daniel.

 

A AVSI Brasil decidiu levar a APAC para o maior festival da Itália. Mas, depois do que eu vivi esses dias ficou claro: a APAC não foi só pra Itália. Foi encontrar milhares de corações que buscavam a verdadeira essência do amor.

 

 

 

 Para saber mais sobre a mostra da APAC no Meeting de Rimini, confira a notícia sobre o evento.


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail

Mais Depoimentos

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiânia, Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte