AVSI COMUNICA /
Laís Correia
Beneficiária
Semente De Ciência


 

As oficinas foram muito importantes para mim, logo no início eu enxergava como uma obrigação, parte do meu trabalho, algo que tinha que fazer, mas, à medida que fui me engajando, me doando, tendo mais espaço, vendo a fala dos outros, me interessei ainda mais. Passei a encarar como uma fonte de aprendizado, porque a gente absorve muita coisa ali, e, assim como absorvemos, também compartilhamos bastante. Essa realidade me motivou demais.

 

Eu costumo pensar que nunca saio de lá da mesma forma que entrei. Toda quarta-feira aprendo uma coisa diferente, que me leva para frente, que me faz rever certas atitudes e isso é muito importante para mim, eu gosto de aprender, de desenvolver a empatia.

 

Algumas oficinas me marcaram bastante, como a que abordou a inter-relação pessoal, ensinando sobre como se relacionar com as pessoas no mercado de trabalho. Teve também a ação que falava da relação de “patrão e empregado”, onde passei a ver os chefes como líderes e não apenas como patrões.

Além disso, teve a oficina sobre drogas, foi muito interessante. Acho importante para nós, jovens, falarmos disso, é algo que precisa ser abordado. Essas são informações que não encontramos em qualquer lugar, mas no projeto conseguimos falar de forma lúdica e clara, é uma abordagem que te atrai, fora do padrão e eu admiro isso.

 

Sobre a visita a Caixa Cultural, eu achei muito importante e necessário. O objetivo do espaço é levar cultura e foi muito legal, eu nunca tinha ido. Muita gente na oficina nem sabia da existência da Caixa Cultural e agora pode ir, sabe que vai ser bem recebido, porque além dessa atividade ter levado cultura para gente, trouxe novas possibilidades para nossa galera.


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail

Mais Depoimentos

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.