AVSI COMUNICA / Notícias

AGRICULTORES DO MUNICÍPIO DE JUCATI (PE) GANHARÃO NOVOS SISTEMAS DE REUSO DE ÁGUA PARA A AGRICULTURA FAMILIAR

Serão construídos sistemas de bioágua e cisternas para 150 famílias, que contarão também com assistência técnica voltada à agroecologia, educação alimentar, sanitária e ambiental
Publicada em 08/02/2018

 

 

A AVSI Brasil, mediante investimento social da Fundação Banco do Brasil (FBB) e parceria com a prefeitura de Jucati (PE), lançou, oficialmente, na última terça-feira (06), na Câmara Municipal de Jucati, o Projeto Jucati Sustentável 2 – Bioágua, Agroecologia e Nutrição no Agreste de Pernambuco, que prevê a implementação de 30 sistemas de Bioágua Familiar, além de 07 cisternas com assistência técnica voltada à agroecologia, contemplando ainda a promoção da educação alimentar, sanitária e ambiental junto a 400 alunos e 150 famílias.

 

Participaram da solenidade a gestora da AVSI em Pernambuco, Ana Maria Bianchi, o prefeito de Jucati, Ednaldo Peixoto, além de representantes das secretarias municipais de agricultura, de meio ambiente, dos conselhos municipais de desenvolvimento rural e sustentável e de diversas associações rurais.

 

Além dos sistemas de bioágua, as famílias terão, durante todo o projeto (18 meses) assistência técnica voltada ao uso e manutenção do sistema de bioágua e ao plantio agroecológico. Como parte do estímulo ao consumo de alimentos saudáveis e do campo, serão também realizadas campanhas nas 14 escolas do município voltadas à educação alimentar e nutricional, beneficiando 400 alunos e 150 famílias.

 

O primeiro impacto do projeto é na saúde e na melhoria da qualidade de vida familiar”, explica Bianchi. “O bioágua possibilita o saneamento rural, ao direcionar a água ora despejada no solo, para um quintal produtivo. Além disso, a família passa a se alimentar com insumos saudáveis e sem agrotóxico. Fora o impacto na autoestima, principalmente, da mulher agricultora, que passa a ter um trabalho no quintal de casa gerando renda e benefício para seus filhos”, fala a gestora.

 

Essa é a segunda iniciativa desta natureza no município de Jucati com investimento da FBB e execução da AVSI Brasil. Um primeiro Projeto (Jucati Sustentável 1) foi realizado de 2016 a 2017, beneficiando 22 famílias com sistemas de bioágua, além de mais de 500 alunos e 150 famílias que participaram de campanhas alimentares e nutricionais.

 

“O projeto significou para mim mudança, não só minha na vida mas na vida de toda a família no aspecto financeiro e no aspecto de saúde. Hoje além da gente estar consumindo um produto de qualidade, estamos dando a oportunidade de outras famílias também consumirem, levando o nosso excedente para a feira”, declarou Maria Sandreiva Silva, agricultora e uma das beneficiárias da iniciativa. “Espero nesta segunda etapa que as famílias abracem essa causa, porque ela veio para revolucionar o nosso município, onde tinha uma cultura de embutidos, de enlatados e hoje a gente já vê uma mudança, pequena, mas considerável na vida das outras famílias”, complementou a agricultora.

 

O projeto Jucati Sustentável 2, além de continuar o trabalho com as 22 famílias e beneficiar 07 destas que não tinham cisternas, traz alguns elementos de novidade para 52 famílias: será inserido, de forma estruturada, o componente da comercialização. Além disso, junto às escolas e às 52 famílias, será desenvolvido um trabalho de educação sanitária e ambiental, que contempla cuidados com higiene, manejo do lixo, bem como um levantamento de possíveis benfeitorias no domicílio, como instalação de banheiro, caixa elevada e tubulações, a serem realizadas com a própria renda gerada a partir da produção dos alimentos.

 

Ao longo do projeto, serão envolvidas as associações rurais, conselho municipal de desenvolvimento sustentável, ONGs, universidades, além das secretarias municipais e órgãos estaduais.

 

A escolha das famílias se baseará na combinação de fatores sociais, econômicos, da vocação e desejo da família de cultivar e de critérios técnicos para a implementação do sistema, a serem identificados a partir de visita técnica da equipe. Como contrapartida, a família deverá instalar a cerca ao redor do quintal produtivo e disponibilizar a mão de obra de um ajudante de pedreiro, durante a construção do bioágua.

 

 

Sistema de Bioágua Familiar

 

O Sistema de Bioágua Familiar é uma tecnologia social que promove o reuso de águas cinzas domésticas para a agricultura. Além do benefício ambiental da reutilização da água em regiões semiáridas, como é o caso de Jucati, o bioágua tem forte impacto social. Possibilita, mediante acompanhamento e assistência técnica, que pequenos agricultores possam plantar ao longo do ano, gerando um alimento mais saudável para consumo, além de trabalho e renda.

 

Uma família agricultora cuja renda varia entre R$ 100,00 e R$ 300,00 mensais, pode chegar a produzir mais de 30 tipos de cultura no seu quintal agroecológico irrigado pelo bioágua. A economia gerada na feira mensal mais a venda do excedente pode variar de R$ 50,00 a R$ 400,00 por mês, a depender do esforço e cuidado da família com o seu plantio.



Links relacionados


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte.