AVSI COMUNICA / Notícias

SUPERANDO FRONTEIRAS PROMOVE MISSÃO DA FBAC AO RIO GRANDE DO NORTE

Renovação de convênio, apoio administrativo e metodológico à APAC Macau foram os principais objetivos da visita
Publicada em 31/07/2018

 

Para fortalecer e consolidar a metodologia APAC no Rio Grande do Norte, a gerente jurídica e de convênios e o gerente de metodologia da FBAC, Tatiana Souza e Roberto Donizetti, visitaram o estado potiguar no período de 9 a 12 de julho de 2018.

 

Durante a missão favorecida pelo projeto Superando Fronteiras, foi realizada uma reunião no gabinete da secretária-chefe da Casa Civil do Rio Grande do Norte, dra. Tatiana Cunha, onde expuseram o histórico das APACs a nível nacional e a contribuição do poder público no processo. Nesse contexto, foram esclarecidas dúvidas acerca da metodologia bem como o procedimento administrativo necessário para a celebração do termo de parceria com o Estado para custeio da APAC no município de Macau.

 

Em seguida, os representantes da FBAC foram acompanhados por Guiomar Oliveira, representante do programa Novos Rumos, do Instituto Minas pela Paz, até Macau, onde se reunirem com membros da diretoria executiva da APAC para resolver questões administrativas e metodológicas.

 

Já no município de Guamaré, se reuniram com servidores públicos, membros da diretoria e autoridades locais, incluindo o prefeito Hélio Willamy, que se mostrou interessado pelo trabalho desenvolvido pela APAC.

 

A renovação do convênio foi amplamente comemorada pela APAC e seus parceiros, consolidando uma importante parceria com o município de Guamaré, que vem contribuindo em grande medida para o fortalecimento da metodologia no estado e, consequentemente, para a promoção dos direitos humanos das pessoas privadas de liberdade.

 

Roberto Donizetti visitou também a APAC local e se encontrou com voluntários, funcionários e recuperandos, onde pôde oferecer assistência metodológica e solucionar dúvidas, visando sempre a sistematização da metodologia no estado.

 

 

Sobre as APACs

 

As APACs são Organizações da Sociedade Civil que têm como objetivo a humanização das penas privativas de liberdade e a promoção dos direitos humanos dos condenados. O trabalho desenvolvido pelas APACs é focado na ressocialização efetiva do detento. As APACs são fundamentadas em um método pioneiro desenvolvido no Brasil que ganhou repercussão mundial, tornando-se referência para a recuperação do detento. A APAC de Macau completa, em 2018, oito anos de atividades.

 

 

Sobre o Projeto

 

O projeto Superando Fronteiras visa o fortalecimento do método APAC em 5 estados brasileiros: Paraná, Rondônia, Maranhão, Ceará e Espírito Santo, tendo como um dos seus objetivos a sistematização da metodologia como política pública. Para isso, conta com o financiamento da União Europeia e a parceria da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC) e do Instituto Minas pela Paz. O Rio Grande do Norte, apesar de não fazer parte do principal recorte de atuação territorial do projeto, foi identificado como um estado estratégico e de fato mobilizado para fortalecer e expandir o método, tornando importante o investimento de esforços para consolida-lo.

 

 



Links relacionados


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail
Mais Notícias

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.