AVSI COMUNICA / Notícias

SENSIBILIZAÇÃO SOBRE A METODOLOGIA APAC É PROMOVIDA NO MARANHÃO

24 servidores da Secretaria Prisional de São Luís participaram da atividade
Publicada em 03/08/2018

 

Destinado a Secretaria de Administração Prisional de São Luís, no Maranhão, foi realizado o curso de divulgação do Método APAC. A ação teve como objetivo sensibilizar os servidores das diversas supervisões para a temática das APACs.

 

As boas vindas foram dadas pelo subsecretário Rafael Velasco e por Kelly Carvalho, secretária adjunta de atendimento e humanização penitenciária, que enfatizaram a importância do evento para a formação dos servidores estaduais e seu conhecimento a respeito do método APAC.

 

Em seguida, Mônica Silva, coordenadora de projetos da AVSI Brasil, apresentou o projeto Superando Fronteiras e falou sobre suas realizações no estado do Maranhão. “Foi muito positiva a oportunidade de falar aos servidores e contribuir para o engajamento dos mesmos nas questões que envolvem as APACS no estado”, conta ela.

 

O diretor executivo da FBAC, Valdeci Ferreira, contou sobre a história e origem da metodologia, além de falar sobre seu próprio envolvimento com a pastoral carcerária, até a implantação da APAC de Itaúna e todos os feitos durante seus 35 anos de compromisso com a promoção dos direitos humanos das pessoas privadas de liberdade.

 

Roberto Donizetti, gerente de metodologia da FBAC, deu seu testemunho como ex-recuperando e falou sobre sua atuação como funcionário da FBAC e responsável pelo fortalecimento e sistematização da metodologia nas 48 APACs em funcionamento do Brasil.

 

Após as apresentações, foi aberto um espaço para que os servidores fizessem comentários e perguntas. Ao final, a responsável pela supervisão das APACs, Rayanna Araújo, agradeceu a todos pela presença e enfatizou a importância do comprometimento para com a consolidação do método. “O encontro de divulgação do método APAC para a SEAP foi muito enriquecedor. Os participantes ficaram encantados com a metodologia e com o avanço das APACs no Maranhão. Com certeza, depois desse encontro, a concepção desses servidores mudou para melhor. O próximo passo será a realização de uma visita a uma das APACs do estado para ver tudo aquilo que foi apresentado na fala do Valdeci”, comentou.

 

Em seguida, os representantes da AVSI e FBAC aproveitaram a oportunidade para visitar as instalações da APAC de São Luiz e conhecer os recuperados do regime fechado. Posteriormente, Beto e Valdeci visitaram as APACs de Viana e Timon, onde participaram de um dos mais importantes componentes da metodologia APAC: a Jornada de Libertação com Cristo.

 

 

Sobre as APACs

 

As APACs são Organizações da Sociedade Civil que têm como objetivo a humanização das penas privativas de liberdade e a promoção dos direitos humanos dos condenados. O trabalho desenvolvido pelas APACs é focado na ressocialização efetiva do detento. As APACs são fundamentadas em um método pioneiro desenvolvido no Brasil, que ganhou repercussão mundial, tornando-se referência para a recuperação do detento. 

 

 

Sobre o projeto

 

O projeto Superando Fronteiras visa o fortalecimento do método APAC em 5 estados brasileiros: Paraná, Rondônia, Maranhão, Ceará e Espírito Santo, tendo como um dos seus objetivos a sistematização da metodologia como política pública. Para isso, conta com o financiamento da União Europeia e a parceria da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC) e do Instituto Minas pelas Paz.

 



Links relacionados


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail
Mais Notícias

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.