AVSI COMUNICA / Notícias

SUPERANDO FRONTEIRAS FORMA GESTORES DE UNIDADES PRODUTIVAS EM MINAS GERAIS

Capacitação reuniu público de 19 APACs
Publicada em 02/10/2018

 

 

O projeto Superando Fronteiras promoveu o Curso de Formação para Gestores de Unidades Produtivas (UPs) da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) em Minas Gerais. O curso, que aconteceu dentro da estrutura física do regime semiaberto da unidade prisional APAC de Pouso Alegre, reuniu 32 gestores de UPs e de outros cargos administrativos de 19 APACs do estado.

 

O curso foi um importante espaço para apresentar e aprofundar o conhecimento sobre o Manual de Gestão e Operação de Padaria APAC, que foi elaborado para facilitar o entendimento de gestores, padeiros e recuperandos sobre a implantação e gestão diária de uma UP.

 

O manual permite o entendimento de todas as fases de gestão, desde a análise de sua viabilidade de implantação até a gerência do desempenho de processos rotineiros para o bom funcionamento do negócio.

 

O recuperando padeiro da APAC de São João del-Rey, Ronan Silva, destaca os pontos positivos da publicação. “A cartilha funciona como um grande manual para os gestores, dando a eles capacidade para potencializar as unidades produtivas. Pra mim, que dominava apenas a área produtiva, foi bom, pois não tinha essa visão de empreendedorismo, que é fundamental para a sobrevivência da unidade produtiva”, afirma.

 


O curso

 

No curso, a introdução sobre a gestão de unidades produtivas ficou por conta do professor Osvaldo Oliveira, que explicou o uso do Manual de Gestão e Operação de Padaria APAC.

 

O panorama do mercado de panificação foi esclarecido por Amadeus Antônio de Souza, presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias de alimentação, panificação, confeitaria e de Massas Alimentícias do Sul de Minas (SINALSUL). Já o tema da precificação foi abordado pelo professor do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), Daniel de Carvalho.

 

O público foi composto por cerca 32 pessoas, entre eles supervisores de oficina, encarregados de tesouraria e administrativo, gestores de padaria, padeiro e nutricionista.

 

Atualmente, algumas unidades produtivas já contam com estruturas completamente montadas, enquanto outras ainda se encontram em estágio inicial. A diversidade de especialidades e fases de implantação contribuiu para que os participantes do curso, com diferentes demandas, perspectivas e contribuições, obtivessem uma formação dinâmica e enriquecedora.

 

A encarregada de tesouraria da APAC Feminina Rio Piracicaba, Jéssica dos Santos, acredita que “O curso foi de uma experiência ímpar, sobretudo para quem está iniciando uma unidade produtiva, como o caso da APAC do Rio Piracicaba”. Ela planeja agora os próximos passos: “De imediato, após o curso, irei organizar toda a parte financeira da unidade produtiva, utilizando o plano de negócios disponibilizado, além de buscar novas parcerias de exposição e venda dos produtos produzidos, uma de nossas maiores dificuldades atualmente”.

 

Todo o curso foi registrado para ser compartilhado, por vídeo, com as APACs que não puderam participar.

 


Sobre as APACs

 

As APACs são Organizações da Sociedade Civil que têm como objetivo a humanização das penas privativas de liberdade e a promoção dos direitos humanos dos condenados. O trabalho desenvolvido pelas APACs é focado na ressocialização efetiva do detento. As APACs são fundamentadas em um método pioneiro desenvolvido no Brasil, que ganhou repercussão mundial, tornando-se referência para a recuperação dos condenados.

 

Superando Fronteiras

O projeto Superando Fronteiras oferece suporte às APACs, com o financiamento da União Europeia, e a parceria da FBAC e do Instituto Minas pela Paz. Entre as ações previstas pelo projeto, está a elaboração de um Plano de Negócio de Unidade Produtiva de APAC para estudo de viabilidade econômica, estrutural e social e de um manual de gestão para orientar tanto na implantação como no monitoramento de uma unidade produtiva.

 



Links relacionados


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.