AVSI COMUNICA / Notícias

SUPERANDO FRONTEIRAS POTENCIALIZA UNIDADE PRODUTIVA DA APAC FEMININA DE RIO PIRACICABA

A iniciativa tem como objetivo o aumento da produtividade e a inclusão de mais recuperandas nas atividades da Unidade Produtiva
Publicada em 03/12/2018

 

A Unidade Produtiva (UP) da APAC Feminina de Rio Piracicaba - MG, Confeitaria Esperança, foi potencializada com o suporte financeiro do projeto Superando Fronteiras.Por meio do recurso, foram adquiridos equipamentos para o exercício das atividades da confeitaria, um curso de capacitação ministrado pelo SENAC para 11 recuperandas do regime semiaberto, além da reforma da nova sede da Unidade Produtiva.

 

O aporte objetivou, primeiramente, a melhora da produtividade da confeitaria, que não possuía uma estrutura adequada para sua escala de produção. Ao mesmo tempo, procurou-se aumentar a capacidade de inclusão da iniciativa, através da ampliação do espaço, possibilitando com que outras recuperandas também pudessem trabalhar na confeitaria.

 

Devidamente reformada, a Confeitaria Esperança foi reinaugurada no dia 21 de novembro, contando com a participação da diretoria, voluntários, parceiros institucionais, funcionários e as recuperandas.

 

A encarregada de segurança, Ana Paula Almeida, abriu o evento, contando a história da UP e falando sobre o importante papel desempenhado pelas recuperandas em sua fundação. Para ela, é necessário agregar novas perspectivas profissionais e pessoais às recuperandas, reafirmando o compromisso da APAC na ressocialização das pessoas privadas de liberdade. “Agradeço aos parceiros: Instituto Minas Pela Paz, que deu o primeiro passo; a FBAC, que sempre nos incentivou a montar uma unidade produtiva; AVSI Brasil, por acreditar que seríamos capazes; a União Europeia, que nos confiou a ajuda financeira; e a peça principal de tudo isso: as recuperandas que hoje levam o nome da confeitaria”.

 

A Presidente da APAC, Edwirge Auxiliadora Vieira, também destacou o apoio e empenho das recuperandas, além de agradecer aos parceiros e à equipe: “Essa é a APAC que a gente sonha, que a gente espera e que a gente vem caminhando”.

 

A analista do projeto da AVSI Brasil, Marina Cardoso, afirmou que “a gente acredita que o trabalho aqui na confeitaria seja um degrau para alcançar o sonho de vocês lá na frente, quando estiverem em liberdade. Que seja um novo início na caminhada da vida de todas”.

 

O gerente de projetos do Instituto Minas Pena Paz, Eneas Melo, foi nomeado o padrinho da Unidade Produtiva. Além de comemorar a reinauguração, ele parabenizou a APAC e as recuperandas pela grande conquista.

 

Ao final, o evento contou com as apresentações do coral e do grupo de dança formado pelas recuperandas da APAC. Além disso, os produtos da confeitaria foram servidos aos presentes, que puderam comprovar o porquê de tanto sucesso.

 

 

Superando Fronteiras

 

O projeto Superando Fronteiras oferece suporte às APACs, com o financiamento da União Europeia e a parceria da FBAC e do Instituto Minas pela Paz. Entre as ações previstas pelo projeto, está o suporte financeiro para 5 APACs que possuem necessidades de adequações e melhorias para potencializar a aplicação da metodologia.

 

 

Sobre as APACs

 

As APACs são Organizações da Sociedade Civil que têm como objetivo a humanização das penas privativas de liberdade e a promoção dos direitos humanos dos condenados. O trabalho desenvolvido pelas APACs é focado na ressocialização efetiva do detento. As APACs são fundamentadas em um método pioneiro desenvolvido no Brasil, que ganhou repercussão mundial, tornando-se referência para a recuperação dos condenados.

 

 




Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail
Mais Notícias

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.