AVSI COMUNICA / Notícias

COMO PRESERVAR O MEIO AMBIENTE E ECONOMIZAR NO BOLSO?

Em oficina, agricultores aprendem sobre os cursos da água e como reutilizar resíduos para evitar poluição do solo
Publicada em 21/12/2018

 

Buscando ressaltar a necessidade de uma educação que cuide do meio ambiente mas que gere também benefícios para a família, a AVSI Brasil em parceria com a Fundação Banco do Brasil, lança nova oportunidade de aprendizado, por meio do curso sobre “Educação Ambiental e Sanitária”, que ocorreu nesta quinta-feira, 20/12, para os 52 agricultores familiares que participam do projeto Jucati Sustentável.

 

Por meio da oficina, é possível aprender como reutilizar resíduos que seriam despejados no solo que serve como fonte de renda e alimentação para as famílias e também, como gerar uma economia doméstica através da reutilização de produtos. Além disso, os participantes aprendem sobre a importância de descartar corretamente resíduos altamente poluentes como o óleo, que tem uma capacidade poluente muito alta, prejudicando a oxigenação, matando plantas e peixes da região ou deixando-os doentes. Um litro de óleo é capaz de poluir o equivalente a um milhão de litros de água – quantidade média consumida por uma pessoa em 14 anos.

 

A aula é ministrada pela arquiteta Adriana Gouveia, que faz parte da equipe do projeto em Jucati Sustentável. “O curso é ministrado para que os beneficiários sejam conscientizados da importância da água em seu processo natural. E que apesar de não termos responsabilidade sobre as chuvas, o lençol freático, o abastecimento dos mananciais, temos que ter consciência que não podemos continuar agravando a situação por não termos cuidados com o lixo e os resíduos de óleo que descartamos”, conta Adriana.

 

Os participantes ainda aprendem uma forma interessante de realizar o reaproveitamento do óleo de cozinha, além de evitar o uso desnecessário e coletando o mesmo para a reciclagem – o ideal é colocá-lo em uma garrafa de plástico transparente, e entregar em algum posto de coleta na cidade – também existe a possibilidade de usar esse produto para fabricar sabão.

 

Para elaborar esse sabão são necessários: óleo, soda cáustica e detergente. Embora exista um custo, há um ganho enorme para o meio ambiente, já que esse poluente não vai ser mais descartado de forma indevida, portanto, não poluirá as águas nem o solo, além da economia de cerca de 7 reais que seriam gastos na compra de sabão em mercados.

 

Quem participa do curso fala da importância do conhecimento que é adquirido. “Pra gente é muito importante, porque utilizamos muito desses recursos e, às vezes, nem sabemos que fazem mal pra terra. E também nunca pensei que servia pra fazer sabão usando óleo”, conta a agricultora Márcia Banquete.

 

 

Educação Sanitária e Ambiental

 

Não é segredo que estamos ameaçados pela poluição e que somos os principais causadores da mesma. Foi assim, no meio desse grande problema que ameaça a vida do planeta em que vivemos, que surgiu a necessidade de conscientizar e ensinar as pessoas sobre esse tema. Logo, a Educação Ambiental e Sanitária, que podem ser definidas como práticas educativas para ensinar a população sobre hábitos de preservação e consequentemente promover a saúde e evitar doenças, se fazem necessárias na vida de cada um.

 

Para quem trabalha diretamente com a terra e a água, é fundamental que exista um certo conhecimento sobre o que pode ou não ser feito. Esses bens naturais nos dão frutos que garantem uma boa qualidade de vida, por isso, precisam ser valorizados e tratados da forma correta.

 

Assim, o aprendizado deve começar desde a escola primária e continuar sendo aprimorado, afinal, com os desenvolvimentos tecnológicos acabam surgindo novos poluentes mas também novas formas de preservar o meio ambiente.

 

 

Receita para fabricar o sabão

 

Ingredientes:

1Kg soda cáustica de boa qualidade escamas (96% A 98%)

1 vidro de detergente

1 litro de água morna para derreter a soda

5 litros de óleo usado coado

1 balde grande redondo

1 régua de madeira ou cabo de vassoura para misturar

Um recipiente forrado com plástico para colocar o sabão.

 

 

Modo de fazer

 

Dissolva a soda em 1 litro de água. Mexa bastante para não ficar nenhuma escama de soda.

Coloque o óleo junto da soda diluída no balde e mexa por cerca de 40 minutos.

Quando a mistura estiver com consistência de doce de leite mais duro, adicionar os demais ingredientes – o sabão em pó diluído e o detergente.

Despejar a mistura do sabão no recipiente forrado (pode ser até uma caixa de papelão cortada com 10 cm de altura, forrada com plástico; se preferir, utilize a embalagem do leite de caixa).

 

 

Observações:

O detergente é adicional e auxilia na redução do cheiro de gordura e da soda.

Você pode utilizar essências, porém para uso do sabão na cozinha não é recomendado o uso.

Se adicionar água a este sabão, ele se tornará líquido.

 

 



Links relacionados


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail
Mais Notícias

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.