AVSI COMUNICA / Notícias

ATIVIDADE RECREATIVA É REALIZADA PARA PAIS E CRIANÇAS DO CENTRO DE ORIENTAÇÃO DA FAMÍLIA

A oficina foi realizada pelo serviço de psicologia, que em 2018 realizou 1.417 atendimentos
Publicada em 19/06/2019

 

Com o objetivo de proporcionar um momento de recreação e interação entre crianças 7 a 13 anos, com seus responsáveis, foi realizado pelo Projeto de Educação Nutricional e Desenvolvimento Integral uma terapia do riso no Centro de Orientação a Família (COF), localizado no subúrbio de Salvador.

 

O projeto tem como objetivo contribuir para a erradicação de desvios nutricionais, trabalhar em favor da recuperação e diminuição da insegurança alimentar, e favorecer a saúde emocional, o desenvolvimento cognitivo e motor de crianças moradoras da comunidade Novos Alagados, na capital baiana.

 

“O ato de sorrir estimula o sistema imune e produz diversos benefícios para o ser humano como a diminuição do estresse e do mal humor, minimizando as preocupações e os sofrimentos cotidianos.  Assim, a atividade teve está intenção, além de contribuir para estreitar o vínculo afetivo entre pais e filhos”, afirma a coordenadora do COF, Jeni Costa.

 

A oficina recreativa faz parte do atendimento psicológico oferecida pelo Centro de Orientação a Família, e contou com a parceria de alunos do curso de psicologia da Faculdade Salvador (UNIFACS) que ministraram uma atividade intitulada “Palhaçada”, um projeto voltado para manter viva a arte do palhaço e o seu papel de levar o bem-estar através da alegria.

 

Para Jucineia Reis, mãe de uma das crianças atendidas pelo COF, a atividade proporcionou um momento de lazer único. “Me diverti muito. É  raro eu dar risada. Hoje cheguei no COF sem ânimo devido a problemas pessoais e a atividade me relaxou, me deixou melhor”, completa.

 

Serviço de Psicologia

 

Atuando com a desnutrição, sobrepeso e a obesidade, o serviço de psicologia do COF trabalha diretamente com crianças que estão no processo de desenvolvimento emocional e comportamental, cognitivo, motor e de linguagem. Além disso, busca-se oferecer um local de suporte essencial para reestruturação familiar.

 

 

“São realizados atendimentos com as crianças e seus responsáveis, além de organizar atividades extra ambulatoriais como palestras, cinemas e oficinas. No que diz respeito aos atendimentos, temos as demandas mais variadas que vão desde problemas emocionais/comportamentais e transtorno da aprendizagem”, afirma o psicólogo do COF, Frederico Fidelis.

 

De fevereiro a dezembro de 2018, foi realizado no ambulatório de Psicologia do COF um total de 1.417 atendimentos psicológicos, sendo acompanhadas um total de 140 crianças. Também foram realizadas atividades extra ambulatoriais que se dividem em: Atendimentos de demandas espontâneas/atendimentos de primeiro contato com os pais e crianças; Aplicação de questionários sobre o histórico de vida da criança; Atendimentos de criação de vínculo com a criança; Avaliações Neuropsicomotoras; e Encontros destinados ao acompanhamento psicológico aos pais.

 

Além disso, também são realizados atendimentos em consultórios no qual consiste em intervenções semanais ou quinzenais com crianças que apresentam: relação de simbiose ou de negligencia materna; problemas no desmame; atrasos cognitivos, motores e de linguagem; problemas emocionais e/ou comportamentais.

 

Ao fim de 2018, 84% das crianças atendidas apresentaram êxito na recuperação de suas demandas. O serviço de psicologia continua tendo uma procura significativa, seja de maneira espontânea, seja através de encaminhamentos por instituições parceiras.

 

Clique aqui e saiba mais sobre o projeto de Educação Nutricional e Desenvolvimento Integral.




Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail
Mais Notícias

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.