AVSI COMUNICA / Notícias

PROJETO CIRANDA EDUCATIVA REALIZA FEIRA ORGÂNICA NA ZONA RURAL DE CATU (BA)

Além de apresentação musical, as crianças expuseram verduras e legumes cultivados na horta do projeto
Publicada em 18/10/2019

 

Cenouras, cebolinhas, alfaces, mandiocas e outros legumes foram expostos com alegria pelos pequenos beneficiários do projeto Ciranda Educativa na feira orgânica que aconteceu na quadra poliesportiva da zona rural de Catu (BA), na última quarta (16). Cerca de quinze crianças participaram do processo de plantio e colheita dos alimentos.

 

Desenvolvido pela AVSI Brasil em parceria com a PetroRecôncavo, a Prefeitura Municipal de Catu e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), o projeto busca promover a educação e o desenvolvimento integral das famílias das comunidades de Pedras, Veadinho e Flechas, localizadas na zona rural do município de Catu (a cerca de 90 Km de Salvador). Por meio de atividades socioeducativas desenvolvidas no contra turno escolar, as crianças aprendem sobre a importância da educação ambiental, da alimentação saudável e da segurança alimentar.

 

Além dos pais e responsáveis dos beneficiários, estiveram presentes na feira orgânica crianças e educadores das escolas João de Deus e São José, localizadas na região, a representante da PetroRecôncavo, Katia Ferrer, e a assessora de desenvolvimento estratégico da AVSI Brasil, Joanna Orrico. 

 

“Para mim, o Ciranda é essencial. Quando meu filho começou a participar do projeto, não gostava de legumes nem de frutas e aqui ele aprendeu. Cenoura e beterraba, ele sempre pede em casa”, conta Elizete Cunha, mãe de William (5 anos) que participa do projeto há dois anos.

 

As crianças ainda realizaram uma apresentação em conjunto com as colaboradoras da AVSI Brasil, destacando a importância de se consumir frutas através da interpretação de uma música infantil sobre o tema.

 

A colaboradora Utamaria afirma o sentimento de gratidão ao ver os resultados do projeto. “Muitas crianças chegaram aqui e nem sabiam o que eram hortaliças, não tomavam suco de frutas, mas hoje muitas mães já falaram que suas crianças desenvolveram o hábito de consumir verduras, legumes e frutas na mesa. Para mim é muito gratificante estar no desenvolvimento desse projeto”.

 

Além de aprender sobre bons hábitos alimentares, os pequenos beneficiários também participam de oficinas de leitura, com objetivo de introduzir esse costume em suas rotinas. A atividade já está trazendo resultados no comportamento das crianças, segundo a mãe de Antony Lucas, Leovana Rabelo, o garoto iniciou o hábito da leitura depois de ter entrado no projeto, chegando até a trocar livros com os colegas.

 

Já a mãe Elenice Santana destaca que o comportamento do filho mudou. Quem antes só desejava assistir televisão, depois do projeto, passou a brincar mais e querer cultivar uma horta em casa. “Minha mãe e meu padrasto tem um sítio, então ele quer fazer uma horta e não quer nem mais ficar assistindo televisão. O comportamento dele melhorou cem por cento e para mim está ótimo”.

 

O evento chegou ao fim com a distribuição de salada de fruta e um kit contendo as verduras e legumes cultivados pelos pequenos.



Links relacionados


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail
Mais Notícias

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.