PROJETOS /
FICHA TÉCNICA DO PROJETO

NOME:
Olhares da Mata (PE)

PERÍODO:
Outubro/2017 - Outubro/2018

PARCEIROS:
Governo de Pernambuco através da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade e Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH; Parceria técnica com a Plonus – Soluções em Engenharia e Meio Ambiente

 

Conhecer e educar-se para preservar. É a partir desta proposta que é desenvolvido, na Unidade de Conservação (UC) Parque Estadual da Mata da Pimenteira, no município de Serra Talhada, Sertão de Pernambuco, o projeto “Olhares da Mata”.

 

O objetivo do projeto é fortalecer a preservação das Unidades de Conservação do Estado de Pernambuco e sua interação sustentável com a sociedade, por meio de processos educativos e de comunicação, tendo como principal ferramenta a fotografia.

 

Especificamente, o Olhares da Mata visa promover a divulgação da Unidade de Conservação da Mata da Pimenteira através de exposições fotográficas itinerantes nos municípios de Serra Talhada e Recife e a sistematização da experiência, desenvolvidas a partir da formação de 40 horas em fotografia participativa com 30 jovens de escolas públicas do município sertanejo de Serra Talhada.

 

O projeto, que será desenvolvido ao longo de 12 meses, pela AVSI Brasil junto à empresa Plonus, surgiu a partir do lançamento de uma chamada pública da Agência Eestadual de Meio Ambiente do Governo do Estado de Pernambuco (CPRH). 

 

O projeto, que será desenvolvido ao longo de 12 meses, pela AVSI Brasil junto à empresa Plonus, surgiu a partir do lançamento de uma chamada pública da Agência Eestadual de Meio Ambiente do Governo do Estado de Pernambuco (CPRH). O propósito maior é o de promover melhoria das condições socioambientais e de sustentabilidade das Unidades de Conservação do Estado e dos serviços ambientais por elas prestados.

 

 

Categorias de atividades

 

• Sensibilizar a comunidade local sobre o projeto;
• Construir agenda de trabalho participativa, apresentar e validar plano de curso;
• Selecionar jovens de escolas públicas e realizar formação de 40 horas sobre fotografia participativa;
• Realizar curadoria participativa das fotos e exposição fotográfica;
• Produzir materiais e organizar exposições;
• Realizar exposições fotográficas;
• Sistematizar a experiência.

 

 

Resultados alcançados (2017)

 

• Articulação de 22 entidades pertencentes ao Comitê Gestor do PEMP (Parque Estadual Mata da Pimenteira) realizada;
• 32 jovens selecionados para as oficinas de fotografia participativa;
• Oficina participativa em fotografia com 40 horas/aulas realizada;
• 2.962 fotografias capturadas nos módulos práticos das oficinas;
• 40 fotografias selecionadas (31 dos jovens e 09 do fotógrafo educador), através de curadoria participativa com os jovens para realização das exposições itinerantes.

 

 

 

O projeto Olhares da Mata é realizado junto com a iniciativa “Unidade de Conservação: Da teoria à prática”, que tem como proposta realizar oficinas com agentes de educação ambiental e uma publicação sobre a Unidade.

 

 

Mata da Pimenteira - A Unidade de Conservação Parque Estadual Mata da Pimenteira localizada no município de Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, a 415 km da região metropolitana de Recife, em Pernambuco, é uma região de belas paisagens, mas de grandes desafios.

 

Alguns riscos da Unidade são o desmatamento, a caça clandestina, a retirada ilegal de madeira, queimadas, o descarte irregular de resíduos sólidos, ocupações irregulares, entre outros. Já as belezas do parque são evidentes nas serras, nos lagos e na rica biodiversidade, atrativos a serem apreciados pelos visitantes.

 

A criação do Parque Estadual Mata da Pimenteira, em 2012, inicia um novo momento na conservação da biodiversidade em Pernambuco, constituindo a primeira unidade de conservação estadual do bioma caatinga. Sua criação representa uma conquista importante para o município de Serra Talhada, para o Sertão do Pajeú e para o semiárido pernambucano.

 

 



Em Andamento








Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.